Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

Filipe Colombo

Artigos

5 passos para atingir suas metas em 2021
Vou listar aqui o 5 passos para você atingir suas metas.   1 – Estabeleças as 10 metas 2 – Priorize suas 5...
Compartilhar:
Imagem do Artigo

Vou listar aqui o 5 passos para você atingir suas metas.

 

1 – Estabeleças as 10 metas

2 – Priorize suas 5 principais metas

3 – Coloque as metas num papel e deixe num local que você veja diariamente

4 – Compartilhe com alguém que você confie

5 – Utilize a ferramenta 5W2H para montar o plano de ação

 

Agora, vou explicar mais detalhadamente cada um dos passos:

 

Passo 1 – Estabeleças as 10 metas

Agora que você listou suas 10 metas, você precisa verificar se definiu elas do jeito certo. A maioria das pessoas não sabe estabelecer metas. Elas confundem metas com desejos e vontades. Você precisa aprender a estabelecer metas de curto, médio e longo prazo.

 

Para isso, eu utilizo a metodologia SMART.

 

Para ajudar nesta tarefa, um bom caminho é aplicar a consagrada metodologia SMART, que é baseada em cinco fatores: S (specific ou específico); M (measurable ou mensurável); A (achievable ou alcançável); R (relevant ou relevante); T (time-based ou temporal). Essa é uma forma eficiente de criação de metas e funciona como um checklist, na qual cada meta é verificada e avaliada se possui os requisitos para atingir o resultado esperado.

Como você já viu, na palavra SMART, cada letra tem um significado. Vamos entender cada um deles:

 

S – Specific (Específico)

Quando definimos objetivos muito vagos ou generalizados, como “ganhar mais dinheiro”, “fazer uma viagem” ou “vender mais”, eles raramente são atingidos, porque não são específicos o suficiente. Eles só se tornam específicos quando identificamos e explicitamos o resultado desejado e direto de cada meta estabelecida. Para isso, responda:

 

  • O que quero atingir?
  • Por que quero isso?
  • Por que é importante?
  • Quem está envolvido no processo?
  • Aonde vou chegar depois de atingir o objetivo?
  • Qual é o prazo para concluir?
  • Quais são os recursos necessários?

 

Desta forma, a meta vaga que era “ganhar mais dinheiro” vira a meta específica “conquistar dois novos clientes por mês até o final do ano” ou “aumentar a rentabilidade em 2,3% até final do semestre”.

 

M – Measurable (Mensurável)

O que não pode ser medido não pode ser gerenciado. Coletar dados e transformá-los em informação usando sempre números, irá guiá-lo e dar feedbacks para monitorar seu progresso em direção aos objetivos estabelecidos. Uma meta mensurável deve responder às seguintes questões:

 

  • Qual é a meta?
  • Quanto é a meta?
  • Como vou saber quando atingir a meta?

 

Assim, a meta “visitar mais clientes” que é muito ampla se transforma em “visitar cinco novos clientes por semana”, que é mensurável. A meta ficará mais fácil de medir e você saberá se está caminhando para alcançá-la, para superá-la ou corre o risco de ficar abaixo do estipulado.

 

A – Achievable (Alcançável)

É muito comum vermos empresas com metas totalmente fora da realidade. Sejam elas muito fáceis de serem atingidas ou muito difíceis. Claro que a definição de metas é algo muito importante e crucial para melhorar a performance da empresa e de seus colaboradores, mas deve-se ter atenção na hora de estabelecê-las. Metas muito fáceis, desanimam, pois não é preciso muito esforço para atingi-las. Já as impossíveis partem da crença do administrador de que, dessa forma, os colaboradores se esforçarão mais. Um grande erro. Metas inatingíveis geram um efeito indesejado, pois os colaboradores perdem a motivação frente a impossibilidade de alcançá-las. Para criarmos metas mais eficientes, elas precisam ser desafiadoras sim, mas sempre atingíveis. Assim, quando estiver definindo este critério para suas metas, não se esqueça de trazer algo desafiador e palpável.

 

R – Relevant (Relevante)

A falta de indicadores e metas para melhorar a performance é algo inadmissível em uma organização que deseja evoluir. Por outro lado, o excesso de metas também é um problema, pois cria um círculo de coisas que precisam ser atingidas e que atrapalham o processo. Lembre-se: se determinado objetivo não é relevante para suas necessidades, essa meta não precisa ser estabelecida.

Uma meta relevante é aquela que, ao ser atingida, faz diferença para você e seu negócio. Em outras palavras, ao definir uma meta relevante, responda às seguintes perguntas:

 

  • Parece valer a pena?
  • Essa meta é importante nesse momento?
  • Está de acordo com outros esforços que estamos fazendo agora?
  • Esse é o time certo para este objetivo?

 

O mundo corporativo muda muito rápido. Os ciclos estão cada vez mais curtos. O que antes levava vinte anos para mudar, hoje pode levar cinco anos ou menos, construindo um ciclo de mudanças em intervalos cada vez menores. Uma das principais vantagens dos profissionais do futuro é a capacidade de aprender, desaprender e reaprender de novo. E dentro da sua organização, deve acontecer assim também. Uma meta que era relevante no passado, pode não ser mais relevante hoje. Acostume-se a reavaliar, excluir e incluir metas novas conforme a necessidade.

 

T – Time-based (Temporal)

De nada adianta ter uma meta bem estrutura sem que haja um prazo para que ela seja cumprida. Precisamos de planejamento, sim, mas também de data para a realização daquilo que organizamos. Assim, sempre coloque um prazo limite para atingir as metas definidas, desenvolvendo um cronograma realista, mas ao mesmo tempo desafiador.

Para saber se está definindo o período certo para cumprir as suas metas, questione-se:

 

  • Quando devo atingir essa meta?
  • Conseguirei atingir daqui a seis meses? Ou é algo para daqui um ano?
  • O que eu posso fazer hoje para atingir? E daqui a oito semanas?

 

Definindo as metas

Depois de responder as perguntas dos cinco fatores da metodologia SMART, é hora de pensar nas metas novamente. Uma meta mal elaborada seria assim: “Contratar mais pessoas para a área de vendas”. A meta SMART a transforma em: “Contratar mais sete pessoas para a área de televendas até outubro do próximo ano”. Aqui estão alguns outros exemplos para que você possa se inspirar:

 

  • Reduzir em 14% os custos com aquisição de novas matérias-primas em quatro meses.
  • Publicar oito matérias por mês no blog da empresa durante o ano de 2021.
  • Dobrar o faturamento do mês de outubro em relação ao mesmo período do ano anterior.
  • Alcançar 10 mil seguidores no perfil do Instagram até fevereiro de 2022.
  • Criar um programa de participação nos resultados que distribua até 20% do lucro da empresa nos próximos 12 meses.
  • Definir dois indicadores de desempenho para cada área da organização até setembro de 2023.

 

Criar metas faz com que tenhamos uma visão clara dos nossos objetivos, assim podemos definir melhor quem serão nossos parceiros para que possamos chegar ao resultado.

 

Passo 2 – Priorize suas 5 principais metas

Bom, na minha visão, 10 metas são muita coisa para um ano todo, então, depois de definir elas com a metodologia SMART, defina quais serão as 5 prioridades para o ano.

 

É claro que se você atingir suas metas antes do tempo, você poderá passar para as próximas metas e também realizar elas, mas 5 metas bem definidas e atingidas valem muito!!!

 

Passo 3 – Coloque as metas num papel e deixe num local que você veja diariamente

 

Essa é bem simples, basta você pegar uma folha A4 ou então uma cartolina e listar suas 5 metas para o ano de 2021. Depois de listar, coloque em algum local que você vai ver todos os dias, assim você não se esquecerá delas e trabalhará para atingi-las.

 

 

Passo 4 – Compartilhe com alguém que você confie

Uma técnica que funciona muito bem, pelo fator psicológico, além de colocar suas metas num papel e colocar num lugar que você veja, há estudos que mostram que uma meta compartilhada com um(a) amigo(a) ou mais, ajuda você a realizar ela. Então selecione 1 amigo(a) e marque pelo menos 4 encontros durante o ano para vocês conversarem a respeito e avaliar o status das suas metas e planos de ação.

 

Passo 5 – Utilize a ferramenta 5W2H para montar o plano de ação

O último passo, é uma ferramenta fácil, simples e útil para montar seu plano de ação para cada meta.

 

Depois que suas metas estiverem definidas, agora sim é possível criar o plano de ação, que é o último passo deste guia para atingir as metas. Para criar os meus planos de ação gosto muito de utilizar a ferramenta 5W2H, que representa sete palavras do inglês:

 

5 W: WhatO que será feito?

      WhyPor que será feito?

      WhereOnde será feito?

     WhenQuando será feito?

      Who – Por quem será feito?

 

2 H: HowComo será feito?

       How much Quanto vai custar?

 

Certifique-se de que, para cada projeto (que compõe a meta), seja montado uma tabela com as respostas para essas questões-chave. Desse modo, você terá um documento auxiliar para a implementação de cada etapa do plano. Juntando estas duas ferramentas – SMART e 5W2H – as chances de sucesso na execução serão ainda maiores.

 

 

Depois disso, se prepare para o 6º passo – COMEMORAR!

 

No meu livro, "Gestão Profissional na Prática" eu falo deste e de muitos outras temas relevantes para alanvancar os resultados do seu negócio. Para comprar, CLIQUE AQUI.

Espero que essas dicas te ajudem na definição das suas metas e principalmente na criação dos planos de ação para atingir seus objetivos de 2021.

Se gostou, compartilhe com alguém que você goste!!!!

 

Abraços,

@filipecolombo